Paço de Teixeiró

Jovens, Frescos com Personalidade

O projeto de Paço de Teixeiró é um legado preservado geração após geração. A propriedade está na posse da família há vários séculos, sendo que a produção de vinhos nem sempre foi o foco principal. A propriedade começou por ser explorada para a produção de milho e, mais tarde, agropecuária, mantendo o vinho como atividade secundária, apenas para consumo da família. 

Os anos 60 viriam a marcar uma nova fase de Paço de Teixeiró, com as atenções a virarem-se para o potencial deste terroir para a produção de vinho. Este é, aliás, um terroir especial, localizado no limite da região dos Vinhos Verdes (Baião), o que lhe confere características únicas e distintas. As castas dominantes são o Avesso e o Loureiro, base principal dos vinhos da casa. Jovens, frescos e com personalidade forte. São assim os vinhos Paço de Teixeiró Branco e Paço de Teixeiró Avesso, as referências que traduzem de forma fiel a essência da região. 

Quinta do Côtto

Um ícone do Douro

A Quinta do Côtto é o terroir de excelência da casa Montez Champalimaud. Localizada no mais antigo e tradicional setor de produção do vinho do Douro, em Cidadelhe, a cerca de 2 km de Mesão Frio, esta é uma das mais emblemáticas propriedades de toda a região. Os seus 70 hectares de vinha constam nos mais antigos documentos oficiais da região como fazendo parte do grupo das primeiras a serem plantadas no vale do Douro.

Um dos ex-libris da Quinta do Côtto é um amplo e elegante solar construído no início do séc. XVIII, sobreposto numa construção do séc. XV/XVI da qual ainda podem ser encontrados vestígios. A esta riqueza arquitetónica juntam-se ruínas da Idade Média, na fachada traseira, testemunho da primeira passagem da família Montez pelo local, ainda antes da fundação da Monarquia em 1140.

A Quinta do Côtto é o nome que o ouvido aprendeu a lembrar, não apenas pela sua longa vida, mas pelos vinhos a quem empresta o nome. O Quinta do Côtto Grande Escolha marcou o início de uma nova era no Douro, confirmando o potencial da região para a produção de vinhos de Quinta, movimento do qual o produtor foi pioneiro.

Atualmente são produzidas quatro referências na Quinta do Côtto: Quinta do Côtto Tinto, Quinta do Côtto Vinha do Dote, Quinta do Côtto Bastardo e Quinta do Côtto Grande Escolha.